quinta-feira, 30 de julho de 2009

Luta Pela Liberdade

Após tantas tentativas para decapitar os patriotas bascos, as bombas continuam a explodir numa demonstração daquilo que todos conhecem e que os castelhanos teimam em ignorar: tal como na Palestina e noutros casos idênticos, quanto maior for a repressão odiosa maior será a reacção. Os filhos dos sacrificados multiplicarão as acções contra os ocupantes agressores.

É evidente que o governo central Castelhano se esforça por manter a situação tal como ela se encontra. Se o governo e a população alguma vez quisessem mudar e optar pela paz, adoptariam a única medida existente nesse sentido e que eles bem conhecem: a autonomia total do país de acordo com a Carta das Nações Unidas.

Enquanto não o fizerem os Bascos têm o direito universalmente reconhecido de lutar contra a ocupação exactamente da mesma forma que os franceses o fizeram contra a ocupação alemã durante a Segunda Guerra Mundial. A resistência francesa, comandada pelo General De Gaule, foi e tem sido alvo dos maiores elogios e honras nacionais, enquanto os seus colaboradores que mais bombas fizeram rebentar são considerados heróis. Não podemos separar os dois casos e apadrinhar medidas diferentes para um mesmo problema.

Os Bascos não têm qualquer relação étnica com os Castelhanos nem povos vizinhos, nem mesmo de longe. Que fazem lá, pois, os Castelhanos? Aprisionar e matar os Bascos só pode resultar numa palestinização do problema. Quantos mais os tentarem esmagar maior será a reacção. A experiência tem-no-lo demonstrado.

As discussões sobre a paz têm sido sempre sabotadas pelos governos Castelhanos, como se sabe. O povo espanhol, estúpido ou estupidificado pelos seus políticos, faz demonstrações contra os Bascos em lugar de exigir a paz do governo. Os espanhóis não querem a paz, mas um domínio colonial.

Os Castelhanos sempre foram os criminosos mais sanguinários da História Universal e os seus genocídios e torturas espantam por uma crueldade viciosa e única no mundo. Não obstante, confessam-se orgulhosos pelos herois, um bando de assassinos e exterminadores, dando os seus nomes a ruas em cidades. Tentam esconder os seus crimes, mas podemos lê-los em muitos livros. Estes dois links são bem expressivos:
http://en.wikipedia.org/wiki/Bartolomé_de_las_Casas
http://recherche.univ-lyon2.fr/grimh/ressources/concours/Carlos%20V/Casas%20Destruccion.pdf

Agressão colonial é o modo como respondem ao grito dos Bascos pela autonomia. Franco deu permissão à Luftwafe para bombardear e matar no país basco para se treinar. Já todos se esqueceram do quadro de Picasso, Guernica, e o que ele costumava referir a seu propósito? Não sabemos que a Espanha se opõe sempre à liberdade e autonomia de qualquer país, seja ele qual for? Porquê? Não querem a paz.

Para termos conhecimento de como estes casos são abordados pela imprensa internacional, basta-nos uma simples pesquisa na internet usando as palavras «Basque» e «bomb», por exemplo; quando sobre um caso em perticular acrescentar o nome do local. Não lemos nenhuma crítica do género das da jornaleirada imunda portuguesa. Jamais se lê a palavra «terrorismo» ou qualquer dos seus compostos ou derivados em relação aos Bascos. Só a canalha nacional imita a canalha castelhana chamando de terrorista a um povo ou a actos a que todo o mundo classifica como de separatista. É verdadeiramente ignóbil o modo como a falsa matrona correspondente da RTP em Espanha apresenta estes casos.

A jornaleirada nacional, incapaz e sem profissionalismo, mente e encobre. Em tudo e com tudo. Do lixo fabrica scoops. Veja-se mais sobre estes assuntos aqui e aqui.

4 comentários:

Fernanda disse...

O blogue Diverse texts and short stories
atribuiu a este blogue o prémio “COMPROMETIDOS Y MAS 2009”

Fernanda Ferreira

RAMIRO ANDRADE - O PROVOCADOR disse...

Quinta-feira, 6 de Agosto de 2009

PORTUGAL CAMINHA ALEGREMENTE EM DIRECÇÃO AO ABISMO

CAROS CONTRIBUINTES

NÃO TENHO PALAVRAS PARA DESCREVER O NOJO QUE SINTO POR TODOS OS POLITICOS PORTUGUESES.
VENDO AS DECLARAÇÕES DE MANUELA FERREIRA LEITE / ZEZINHO SOCRATES / FRANCISCO LOUÇÃ / PAULINHO PORTAS E OUTROS BICHOS E " BICHAS " MAIS, FICO ESTARRECIDO ......................................................
PARECEM UNS BICHOS A VOLTA DA CARNIÇA DE NOSSOS IMPOSTOS.
ORA VEJAMOS :

O DEFICIT NOS PRIMEIROS SEIS MESES JA PASSA DE SETE MIL MILHÕES DE EUROS ( ATÉ AO FIM DO ANO CERTAMENTE PASSARÁ DE 8% )
O RECUO DO PIB JA PASSA DE 4,5 % NOS PRIMEIROS SEIS MESES DE 2009, E AINDA VAMOS EM AGOSTO, DEVERÁ PASSAR DE 7%
A QUEDA NAS EXPORTAÇÕES PASSA DE 35%
A QUEDA DE RECEITAS DOS IMPOSTOS JÁ VAI EM 21%
O DESEMPREGO JÁ PASSA DE 600000 ( SEISCENTAS MIL PESSOAS )
A CORRUPÇÃO ESTÁ EM NIVEIS NUNCA VISTOS EM TODA A SOCIEDADE PORTUGUESA
A DÍVIDA EXTERNA PORTUGUESA ATINGIU O INIMAGINAVEL PATAMAR DE 353 MIL MILHÕES DE EUROS
SOMOS UM POVO DE CARNEIROS, UM BANDO DE BOVINOS AMESTRADOS, E MACAMBUZOS.

ISTO DOI SÓ DE ESCREVER, MAS ESTA QUE É A VERDADE. ENQUANTO NOS ENTRETERMOS COM OS QUATROS F`S ESTAMOS TRAMADOS.

FÁTIMA
FADO
FUTEBOL
FLORIBELA
QUANDO VAMOS ACORDAR ?

O QUE PRECISA ACONTECER PARA A SOCIEDADE ACORDAR ?

NÃO TEMOS ALTERNATIVAS A ESTES POLITICOS CORRUPTOS QUE ESTÃO DISPONIVEIS.

SOMENTE A ABSTENÇÃO ELEVADA, E AS CONSEQUÊNCIAS DESTA RESPOSTA PODERÁ DAR O EMPURRÃO PARA A MUDANÇA.

NÃO É A MANUELA FERREIRA LEITE E O ZEZINHO SOCRATES QUE VÃO MUDAR ALGUMA COISA.

ABSTENÇÃO EM FORÇA PORTUGUESES, MOSTREMOS DE QUE FIBRA SOMOS FEITOS.


UM ABRAÇO DEMOCRATICO.

RAMIRO LOPES ANDRADE

ramirolopesandrade.blogspot.com


Publicada por RAMIRO LOPES ANDRADE em 19:17 0 comentários Hiperligações para esta mensagem
Etiquetas: POLITICOS PORTUGUESES CORRUPTOS - LADRÕES DE MEUS IMPOSTOS - LIMITE DO SUPORTAVEL

Mentiroso disse...

Caro Ramiro Andrade,

Pois isso que contas ao princípio é mais uma cópia do que está mal, neste caso uma autêntica contaminação da estrumeira espanhola. É aquilo a que alguém chamou a espanholização da política portuguesa, a cópia de como os malvados se comportam no nosso odiento vizinho.

Anónimo disse...

O Sócrates, ou melhoro Iberócrates é um traidor iberista que quer anda a vender o pais aos ´castelhanos, esse miguel de vasconcelos do séc. XXI, o tal que tinha como principal prioridade a espanha, espanha, espanha.

O TGV é um dos principais instrumentos para aniquilar e endividar Portugal, a cultura, economia e lingua Portuguesa, porque vai levar à fuga das empresas que estão em Lisboa para Madrid e assim destruir Portugal.

Temos que correr com o traidor iberista do iberócrates.

Em relação aos bascos, só tenho a dizer que lhes dou todo o apoio eos admiro, e tanto eles como os catalães e os galegos qurem saltar fora do barco castelhano.

esta diabolização que se está a fazer dos bascos e da ETA em Portugal é vergonhsa, nós só temosque os apoia a destruir o abutre castelhano, e assim haverá um equilibrio de poderes na pennsila e Portugal será quem mais ganhará.

Viva a ETA.

Morte à espanha e a castela.

Independencia para a Catalunha, Pais basco e Galiza.

Viva Portugal.